-->
Contato    Equipe    O site   

Trees of Eternity (Suécia/Finlândia)


Banda: Trees Of Eternity
País: Suécia/Finlândia

Gênero: Atmospheric Doom Metal
Membros: Juha Raivio (guitarra),  Fredrik Norrman (guitarra), Mattias Norrman (baixo) e Kai Hahto (bateria).

Ex-Membro: Aleah Stanbridge † (vocais)


  Trees of Eternity é uma projeto criado em 2009, pela parceria  do guitarrista finlandês Juha Raivio (Swallow the Sun) e o cantora de origem Sueca, mas nascida na Africa do Sul, Aleah Stanbridge. Sua música é inspirada no doom/death, acompanhadas de vozes femininas fantasmagóricas. A banda foi formada quando a Juha Raivio e Aleah se uniram no estúdio para trabalhar na música "Lights on the Lake" para o álbum do Swallow the SunNew Moon. O plano era apresentar os vocais de Aleah em parte da música já preparada por Juha, mas quando eles começaram a experimentar uma linha vocal que Aleah havia escrito para a ocasião, a sessão rapidamente se dirigiu em uma nova direção e o projeto assumiu  vida própria, resultando na música "My Requiem"
  O par lançou a demo "Black Ocean" com quatro canções online, e então depois completaram e gravaram as músicas para o álbum de estréia. Os componentes que participaram da gravação do primeiro álbum, Hour of the Nightingale, além dos dois membros originais, foram Fredrik Norrman (October Tide, ex Katatonia), Mattias Norrman (outubro Tide, ex Katatonia) e Kai Hahto (Wintersun, Swallow the Sun).
    Em 18 de abril de 2016, o cantora Aleah Stanbridge morreu de câncer aos 39 anos. Dois dias depois, Juha escreveu no Facebook que o álbum estava pronto para ser lançado. Ele também planeja lançar músicas solo de Aleah no futuro. Em 11 de agosto de 2016, o álbum de estreia da banda, Hour of the Nightingale , foi anunciado para ser lançado exatamente três meses depois, em 11 de novembro. 

    Aleah infelizmente deixou esse mundo muito cedo, ela era dona de uma voz única, doce e melancólica, a sua música não será esquecida, Hour of the Nightingale é sem dúvidas um dos melhores lançamentos de 2016. O álbum apresenta regravações das quatro musicas presentes no primeira demo, só que dessa vez com um novo frescor com a entrada dos novos integrantes. Hour of the Nightingale é uma verdadeira obra prima, letras profundas contempladas por uma melancolia natural, e quando pensamos o qual cedo Aleah nos deixou só aumenta o aspecto trágico da obra. Músicas como "A Million Tears", "Black Ocean", "Broken Mirror" e "Hour of the Nightingale" são verdadeiras obras primas que merecem a sua atenção. Uma banda que infelizmente acabou muito cedo.  


Redes Sociais:

0 Comentario "Trees of Eternity (Suécia/Finlândia) "

Postar um comentário

O texto representa a opinião do autor e não a opinião do elegiaecanto.com ou de seus editores

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Próximos Eventos

PARCEIROS

     

Seguidores

EC NO FACEBOOK