-->

quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Entrevista: Draconis (Argentina)

Foto: Draconis 

Temos o prazer de hoje poder entrevistar a banda DRACONIS, banda oriunda de Rio Gallegos, Santa Cruz (Argentina). A banda, que se apresentou recentemente no XXII Heavy Fest, evento já consagrado na cidade de Conselheiro Lafaiete, Minas Gerais, apresenta um som muito característico, que podemos classificar como Death Metal Melódico, isto porque, além dos elementos musicais presentes em um metal melódico, a banda também aposta nas variações do vocal limpo e gutural do vocalista Gerardo Vargas, que é quem nos responde nesta entrevista.

E.C.: Gerardo, primeiramente, gostaria de perguntar algo simples, mas que é de grande importância: quais foram as principais influências na construção do estilo de som da banda de vocês?
Gerardo: As principais influências, que poderíamos citar é do Carcass, Death, Arch Enemy, Hypocrisy e Dark Tranquility, porém também, as clássicas como Megadeth, Metallica e Iron Maiden falando de metal. Também somos influenciados por todo tipo de músicas como: celta, acadêmica folclórica de nosso país e toda aquela que chega a nossos ouvidos e desfrutamos.

E.C.: Aqui no Brasil, bandas de metal tem sempre um caminho difícil a seguir, até conquistar seu público. Como é, na Argentina, disputar um mercado concorrido de grandes brandas Norte Americanas e Europeias?
Gerardo: Na Argentina e assim como no  mundo é difícil, mas não impossível, o "under" está em constante crescimento e, com trabalho sério, claro que se pode chegar a diferentes públicos, avançando a cada passo.

E.C.: Do primeiro material que gravaram, intitulado “Worm 04”, para este mais recente, “The Awakenning of the Deads”, pude notar uma grande evolução na qualidade do som produzido. Vocês têm esse mesmo pensamento?
Gerardo: Assim é, foi um trabalho mais pensado e produzido, com uma ideia clara de onde chegar, somando a experiência das constantes turnês e compartilhamento de grandes cenários com bandas renomadas.

E.C.: E a receptividade do álbum “The Awakenning of the Deads”, está sendo bem aceito pelo público da DRACONIS?
Gerardo: A receptividade de nosso disco “awakenning” está sendo excelente desde o início de sua divulgação e edição, estamos muito felizes com isso, já que foi um trabalho árduo, é um orgulho que ele possa chegar a diferentes partes do mundo.

E.C.: Recentemente, vocês tocaram no XII Heavy Fest, na cidade de Lafaiete, evento já consagrado, idealizado e organizado por nosso grande parceiro Sabazin. Foi o primeiro show da turnê no Brasil. O que acharam deste primeiro show, do público brasileiro...
 Gerardo: Este primeiro show foi o pontapé inicial de nossa primeira grande turnê internacional, junto a Sercret Servise Records, uma excelente atenção do camarada Anderson, um amigo, uma promoção estupenda e grande recebimento do público, enérgico que alimentou nossas ânsias de continuar viajando e brindando nossa música e força em cada cidade.

E.C.: E agora, quais são os planos para o ano de 2017 da banda DRACONIS? Podemos esperar material novo?
Gerardo: Estamos trabalhando no terceiro disco com composições mais potentes e melódicas dessa vez. No qual verá a luz para no início de 2018, os planos são continuar em turnê, apresentando “the awakenning” e voltar a seu bonito país novamente no início do ano, e certamente para algum festival na primavera. Assim também temos confirmado continuar a turnê no Chile em fevereiro e continuar falando sobre novas datas.

E.C: Bom, eu queria agradecer, em nome da equipe Elegia e Canto, por essa entrevista exclusiva. Realmente foi um prazer poder entrevistar mais uma banda de qualidade, mostrando a força e a qualidade do metal produzido na América do sul. Gostaria que você deixasse umas últimas palavras, para o público aqui de nosso site.
Gerardo: O prazer é realmente nosso e ficamos muito agradecidos pela sua atenção, carinho e boa vontade. Obrigado por suas palavras sobre a banda.
"Deixamos um grande olá para todo público que nos conhece e aqueles que ainda estão chegando a conhecer. Agradecemos seu apoio e boas vibrações, nos dá força para continuar enviando nossa mensagem a cada canto do planeta... Saudações"

Bom, essa foi nossa entrevista da vez, espero que tenham gostado. Vocês podem conferir mais da banda no youtube. Sigam também as redes sociais da DRACONIS aí em baixo, e deixe seu comentário sobre o que acharam da banda!

Paginas Oficiais:







Nenhum comentário:

Postar um comentário

O texto representa a opinião do autor e não a opinião do elegiaecanto.com ou de seus editores