-->

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Resenha: The Sirens no Rio de Janeiro

No último dia 8 aconteceu, no Rio de Janeiro o tão esperado show das The Sirens. Os fãs começaram a chegar cedo à porta do Teatro Odisseia, para aguardar a vinda das cantoras Anneke van Giersbergen, Liv Kristine e Kari Rueslatten. 

Pouco após as 15h as belas chegam para passagem de som. Já é conhecido que a Anneke é super atenciosa com os fãs, e dessa vez, não foi diferente. Por isso, a surpresa ficou por conta da Liv Kristine. A loira, que pela primeira vez se apresentaria em solo carioca, recusou a
presença de seguranças e se misturou aos fãs, que ficam mais eufóricos ainda com os muitos autógrafos, conversas, fotos e claro selfies (esse iniciado pela própria cantora). Minutos depois chega a Kari, e com ela a chuva, mas isso não a espantou, e com seu jeito tímido atendeu a todos os fãs. 

Anoitece, a fila aumenta e também a ansiedade. Da porta se escuta as primeiras músicas da passagem de som. Algum tempo depois é liberada a entrada. Ainda não sei o motivo, mas não houve a apresentação de abertura da tecladista e cantora Viktorija Anselmo. 

O tão esperado momento chega... No palco o trio "The Sirens" inicia o show com a música "Treat Me Like a Lady".

A banda contou com a participação do baixista da Stream of Passion, Johan van Stratum, que veio substituir Joost van Haaren (que por motivos familiares não poderia se apresentar nessa tour), e parecia que fazia parte da banda há anos. Mesmo que cada um tenha chegado com uma preferência por determinada cantora, no decorrer do show eram todos fãs "das sereias", cantando junto com a banda todas as músicas e ovacionando igualmente todas as cantoras. 

A interação entre as três no palco foi uma coisa linda de se ver, todas tinham o público nas mãos. 

Após muitos "mais um" chega ao fim o show que deixou todos que compareceram ao evento querendo "BIS" eterno. 

Para alegria de alguns a noite ainda não teria chegado ao fim... Toda a banda recebeu super bem os fãs que os aguardaram na porta do hotel. Muita cerveja (não das melhores) e conversas que jamais imaginávamos que teríamos com nossos ídolos... Uma noite que com certeza ficará marcada na memória de todos que ali estavam.

Setlist
1 - Treat Me Like a Lady (Anneke van Giersbergen cover)
2 - Vervain (Liv Kristine cover)
3 - Saturnine (The Gathering cover)
4 - Exile (Kari Rueslåtten cover)
5 - Venus (Theatre of Tragedy cover)
6 - Silence (Liv Kristine cover)
7 - Mental Jungle (Anneke van Giersbergen cover)
8 - Image (Theatre of Tragedy cover)
9 - 1000 Miles Away from You (Anneke van Giersbergen cover)
10 - Why So Lonely? (The 3rd and the Mortal cover)
11 - Death Hymn (The 3rd and the Mortal cover)
12 - Love Decay (Liv Kristine cover)
13 - In Motion #1 (The Gathering cover)
14 - Embracing the Seasons 
15 - Atupoéma (The 3rd and the Mortal cover)
16 - Ride (Kari Rueslåtten cover)
17 - Trollferd (Kari Rueslåtten cover)
18 - Fearless 
19 - Siren (Theatre of Tragedy cover)
20 - Strange Machines (The Gathering cover)
21 - Sisters of the Earth 



Fotos acesse os links abaixo:



Resenha: Paty Freitas/Fotos: Paty Freitas e Jeanny P. Lopes /Revisão: Raphael Silveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O texto representa a opinião do autor e não a opinião do elegiaecanto.com ou de seus editores