-->
Contato    Equipe    O site   

Resenha: Novylha


No último dia 13 de janeiro aconteceu em Ervália-MG, o Novylha Festival. 
Filho do já aclamado Wackah, do mesmo produtor André (Cabeção), trouxe para o público cinco bandas regionais que mostraram como agitar uma tarde/noite de um domingo. E o Elegia e Canto estava lá. Desta vez sem a patroa Paty Freitas, o site foi representado por mim (Ranielle Motta) e também pela Natália Superbi.
  Abrindo os trabalhos, a Wild Heart banda da casa personalizados em seu hard rock e já conhecidos pela galera, agradaram exemplarmente ainda sob a luz solar, como na repercussão do hino "Born to be Wild", deixando um gostinho de quero mais. 
  Logo depois, veio a Arkhan (Heavy Metal) diretamente de Cataguases, fazendo chover e animando os espectadores, que esqueceram o calor e entoaram fervorosamente junto com a banda clássicos do Black Sabbath e destruíram com o maior mosh do festival, o que não é surpresa cantando-se "Ace of Spades". 
  Atitude thrash, agressividade e talento são adjetivos que descrevem bem o que os caras do Deathraiser (Leopoldina) demonstraram em seu show. Inflamando o pessoal com suas chamadas e esbanjando energia em um calor infernal, em "Territory" do Sepultura absolutamente eles se afirmaram. Terminado, a também banda de thrash metal, Degrador (Paula Candido) não esperou a galera tomar fôlego e já "desceu a lenha" no som, com a apresentação de maior densidade de público eles detonaram com qualidade e mosh atrás de mosh foram executados.
Finalizando as apresentações, a banda nativa de Ervália, Triple Penetration (Crossover Thrash) veio com ares de irreverência e fez a felicidade da galera, tocando o que o povo queria ouvir. Metallica e acreditem, até Ventania são alguns exemplos, fazendo se ouvir um grande coro da platéia. Houve também a participação do líder dos Scrotinhos na canção "Bom é quando faz mal" do Matanza. 
No fim, ficou uma impressão de domingo bem aproveitado e cheio de novas histórias, como só os eventos no Zé Rosa podem nos proporcionar. 
Agradecimentos ao André Dias de Oliveira (Cabeção) por todo o apoio e a Camila Luar pela ajuda com a câmera.
( por Ranielle Motta)


Fotos do evento clique nos links abaixo:
 

 

 

 

 


0 Comentario "Resenha: Novylha"

Postar um comentário

O texto representa a opinião do autor e não a opinião do elegiaecanto.com ou de seus editores

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Próximos Eventos

             

EC NO FACEBOOK

PARCEIROS

     

TRANSLATOR

Seguidores