-->
Contato    Equipe    O site   

Entrevista: Diabulus in Musica (Espanha)


Um dos maiores fenômenos europeus da atualidade é a banda Diabulus in Musica...Poderosos riffs, melodias brilhantes fazem desta banda um marco do Symphonic Gothic Metal. A banda já encontrou seu espaço no mundo do metal, e em entrevista com Zuberoa a mesma ..Veja a entrevista na integra...

1 – Olá Zuberoa, espero que tudo estejabem com você...vamos dar inicio a entrevista...Sem sobra de duvidas, Diabulus in Musica se tornou um novo mito do Gothic Metal ao lado de muitas outras bandas (leaves Eyes, Revamp e por ai vai). Como você descreve a sensação de se tornar famosa uma vez que vocês são uma banda nova, dentre muitas outras?
Olá Leandro… Obrigada. Nós nos sentimos completamente honrados. Na verdade, não esperávamos tudo

isso com apenas um álbum, então eu creio que somos sortudos. Por outro lado, temos trabalhado muito para alcançarmos o melhor resultado possível em nossas musicas e nos mantemos trabalhando dia a dia nisto, então é sempre um grande prazer ver pessoas gostarem dos resultados. Colocamos todo o empenho, então é o melhor reconhecimento que poderíamos ter, nossos fans significam muito para nós. De qualquer forma, nós sempre mantemos os pés no chão. Manter-se na cena, você também precisa ficar atento as dificuldades, ser paciente e perseverante.


2 – Diabulus in Musica é o nome de um album do Slayer, e uma canção do Mago de Oz. Alguem na banda é influenciado pelo Slayer que quisesse usar este nome em homenagem a eles? Estou quase certo de que você não tinha ideia disto, mais o nome já é usado por alguém, e assim, não é exclusivo de vocês nem único como deveria ser.
Honestamente, nao tinha nenhuma ideia sobre o album do Slayer nem ao menos sobre à musica do Mago de Oz, pois não sou fan deles. Na verdade pensei no nome antes de criar a banda. Eu sei que não soa original, mas eu imaginei que seria original hahaha, quero dizer, eu escolhi o nome por outras razões. Diabulus in Musica é uma frase do latin medieval que quer dizer “o diabo na musica”. É como usavam naquela época que por sinal soava discordante para o povo medieval. Como as musicas classicas são minhas favoritas e por soar clássico eis aqui o porquê escolhi este nome. Soou perfeito para nós, não apenas pelo simples fato de soar Dark, como nossa música às vezes. Nós gostamos daquela coisa Esteticamente Dark e Romantica como a musica erudita, então achamos que Diabulus In Musica encaixou perfeitamente.

3 – Vejo que você fazia parte de uma banda chamada Dragon Lord, da qual você não faz mais parte, para focar-se no DIM?
DragonLord iria acabar cedo ou tarde. Tinhamos um bom relacionamento, mas nem todos tinham esta vibração, então por isso decidimos parar por enquanto. Enquanto isso, comecei a escrever minhas próprias letras e compor minhas músicas, conversei com Gorka (tecladista do DragonLord) se ele que
ria se juntar a mim neste novo projeto. Por sorte, ele aceitou e DIM se tornou nossa prioridade. Agora, cada membro do DragoLord esta envolvido em seus respectivos projetos.

4 – Muitas bandas, quando gravam seu disco, eles sempre fazem um bonus track japones, para a versão asiática de seus discos. E quanto ao seu? Terá uma faixa bônus japonesa ou o disco ainda não foi lançado por lá? Você tem alguma ideia do por que as bandas sempre adicionam faixas bônus para versões japonesas? Creio eu que uma música é muito pouco e não é suficiente para forçar alguém a comprar um disco, acredito que três faixas seria interessante!
Hahahaha, sim, três realmente seria muito interessante. Nós não temos uma edição especial para o Japão. Para ser sincera, não tenho certeza se nossa gravadora irá distribuir nosso disco por lá! Quanto as bandas adicionarem faixas bônus para versão Japonesa, Acredito que, pelo Japão ser um grande comercio, onde de tudo se vende, onde os cds são vendidos fielmente. O Japão é um pais grande, as pessoas por lá amam comprar cd, adoram a musica, e vão aos shows. Creio eu que o bônus seja um presente para eles, mas na verdade nem imagino por que hahahaha.

5 – Você algum dia imaginou gravar um disco com músicos eduritos (Sopranos, Tenores, Violão Celista, Violinista)?
 Como você descreveria o seu sentimento em escutar suas musicas mixadas e maravilhosamente chamando pela multidão com tantos belíssimos instrumentos e vozes maravilhosas?
Sim, pois já era a ideia do DIM desde o inicio. Eu sempre cantei em corais clássicos, então adicionar cantores de musica clássica era uma prioridade desde o inicio. O que não sabíamos, era que tantos músicos eruditos iriam gostar tanto de nossa musica que acabaram fazendo parte de nossa gravação, é um fato que nos deixou totalmente honrados. O sentimento é maravilhoso. Não é como escutar sua musica em midi com o sampler recriando hahahaha, o fan irá ouvir um real coral ou uma orquestra. Isso muda muito, é épico!

6 – Qual o significado da capa do disco Secrets? Parece que o segredo da capa é tentar descobrir quem é a mulher cuja face esta escondida, não?
Bela tentative, pode ser :)
O designer do disco quem escolheu fazer a capa assim após escutar nosso disco. Ele se inspirou desta forma, e na verdade não há nenhuma razão especial como, por exemplo, segredos escondidos. Há vários simbolismos: O silencio, a chave, a caixa, o corvo que esta escondendo as chaves...mas o segredo é algo que não se revela, por isso se chama segredo. É legal deixar a imaginação voar, não acha?

7 – Qual seria o mais importante momento da banda até agora? Ou já esta sendo até então? Desejos a parte, estou certo de que você deseja tocar no Wacken, não? Seria este o ápice de sua carreira? Ou quem sabe ter fans asiáticos como no Japao, China, Coreia, que raramente alguma banda passa por la? Posso ver que vocês também confirmaram presença no Metal Female Voice Fest antes mesmo que seu disco fosse lançado.
Sim, nos ficamos realmente surpresos quando eles assinaram conosco apenas após terem escutado nossa demo. Ficamos muito gratos pela oportunidade cedida. Você pode ver como sonhos podem se tornar realidade, estamos felizes por fazer algo este ano. É prazeroso conhecer colegas de banda, fans, a equipe. Outra maravilhosa experiência foi o show no México. Os mexicanos são muito calorosos. Não podemos esperar para voltar a America latina. Claro que desejamos ir ao Wacken e quem sabe uma tour na Asia, mas como disse, temos os pés no chão, já não pensávamos que isto tudo viria há três anos atrás. Estee ano estamos preparando uma tour europeia e também tocaremos no Metalfest na Hungria em Junho, outro belo festival, então como você mesmo disse, está muito bom até agora.

8 – Que tal ter um bando de fans Brasileiros, hein? Vocês já se tornaram famosos por aqui, há muitos fans se formos comparar com Nightwish, Revamp, Epica, dentre outros, é uma honra serem comparados com tais bandas?
Seria maravilhoso! Claro que é uma honra, pois estas bandas possuem uma carreira enquanto nós apenas temos um album. Bem, o segundo disco está a caminho e esperamos obter mais fans. Estamos felizes por tudo até o momento!

9 – Podemos ver que hoje em dia, ha tantas bandas Female Fronted nascendo, e são muitas mesmo. O que difere especialmente vocês das demais que nascem a cada dia?

Bem, ha muitas bandas Female Fronted, mas, nem todas são do mesmo estilo. Ainda há mais “Male Fronted” e ninguem pensa neles como apenas um genero musical. Apenas somos uma banda de Symphonic Metal com varias diferenças influenciais. Nós nunca pretendemos ser uma banda extremamente original, mas fazer o que queríamos fazer o que vem de nossas veias naturalmente, o que é acima de tudo, metal e musica clássica. De qualquer forma, eu não acho que há tantas bandas de metal sinfônico, estou certa de que há mais bandas de death metal por exemplo. O que nos difere das demais, eu diria que talvez seja a versatilidade. Você pode encontrar muitas influencias em nossas musicas, estilos, vozes. Gostamos de experimentar novos elementos.

10 –Algo interessante que pude notar na faixa NEW ERA é um discurso, me pareceu muito o do Barack O’ Bama e em especial sua voz. A quem pertence a ideia de usar a voz dele em suas músicas? Pareceu ser um dos segredos escondidos no álbum que ninguém ousaria imaginar que estaria la. Eu realmente não me lembro de que discurso era. Por que não incluiu o discurso a letra?
A Ideia surgou de AD Sluijter (Ex Epica, hangover hero), que mixou nosso disco. Ele sugeriu que introduzíssemos um dialogo ou um discurso nesta parte. Ele encontrou este discurso que era relacionado com o tema da musica então gostamos disto e encaixou perfeitamente a musica. Entao decidimos adicionar a musica. Alem do mais, a voz de Obama é bastante musical hahahahaha. A letra do discurso não foi incluída, pois há três partes do dialogo mixadas ao mesmo tempo, então é algo muito longo, era o bastante para nós se nossos fans captassem algumas palavras. Preferimos evitar a politica, a mensagem na musica é estritamente ecológica.

11 - St Michael Nightmare é a faixa mais longa do disco e durante a faixa, a mesma soa como introduções e músicas teatrais. Foi a ideia da banda desde o inicio criar esta parte?
Sim, você esta certo. Não tínhamos esta ideia antes, mas a musica foi evoluindo, então percebemos que 

estava levando para este caminho. Além disso, as letra conta uma determinada historia que possui personagens, então é legal ver que a música se direcionou para este caminho teatral.

12 – Eu sei que cada show tem sua importancia, tocando em alguns festivais, ainda que você toque no Wacken, que seria maravilhoso, mas deixe-me mostrar algo: “Wow Brazil! Vocês provaram serem os mais envolventes de toda a tour. Raramente tínhamos visto tanta paixão e entusiasmo vindo do publico desde o inicio até o fim do show e não é raro para nossos monitores verem um coral feito pelo publico. São Paulo, amamos vocês! Esta noite maravilhosa fecha nossa tour na América do Sul e nós queremos agradecer a cada um de vocês que foram até o show e vibraram conosco! Tambem queremos agradecer aos promotores e em especial nossa equipe: Scott, Steve, e Tom por manter tudo funcionando”. Você tem alguma ideia de onde vem este texto? Do site do Katatonia após seu atual concerto em Fevereiro por aqui. Esta é apenas uma mensagem deles, pois muitas bandas sonham em tocar aqui, devido ao nosso imenso fanatismo as bandas. Você se sente ansiosa para tocar por aqui?
Estou certa que não há nenhuma mentira nisto. Todos nos desejamos e MUITO tocar ai. Temos conversado 
com algumas bandas europeias, e todos eles dizem a mesma coisa sobre experiências com o publico Brasileiro e os demais da América do Sul. Como te disse antes, sentimos algo similar no México, então não podemos esperar para retornar a américa latina e visitar outros países. Eu tive a magnifica chance de ficar no Brasil por um dia quando estive na Argentina alguns anos atrás e eu fiquei maravilhada, então tenho desejo em ver novamente e aprender mais sobre a cultura do país. Um show ai seria brilhante, Quem sabe? Vamos cruzar os dedos!


13 – Nós todos sabemos que a espanha não é um local muito conhecido em questão de bandas de metal, mas também não podemos deixar de mencionar nomes como Waldheim, Fallen Sentinel, Ultreia, Khael, Nivaira, Remembrances e Niobeth. Vocês os conhecem, já ouviu falar deles? Já tocou alguma vez com eles?
Não os conheço! Já escutei alguma coisa de cada, e acho que eles têm seu próprio potencial. Mas nunca dividimos palco com eles. Para ser honesta, a situação deste gênero de música em nosso país é extremamente complicada, para que você possa ter uma breve noção, tocamos mais vezes fora de nosso próprio país do que dentro. Por outro lado, há ainda pessoas que ainda lutam para que “female fronted metal bands” sejam ao menos reconhecidas. Há uma banda chamada “Silent Memories”, que estão organizando um festival somente para “female fronted bands” na espanha. É gratificante, uma vez que não é fácil ter suporte de promoteres.


14 – Ate agora, tudo maravilhoso, mas é hora de dizer até breve, e espero que seja possivel ver um show de voces aqui em breve. Alguma mensagem final aos fans.
Obrigada pelas perguntas. Amamos todos vocês! E espero ter a chance de visitor este lindo país em breve, é nossa próxima meta!

0 Comentario "Entrevista: Diabulus in Musica (Espanha) "

Postar um comentário

O texto representa a opinião do autor e não a opinião do elegiaecanto.com ou de seus editores

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

LANÇAMENTO

Próximos Eventos

PARCEIROS

     

Seguidores

EC NO FACEBOOK