-->
Contato    Equipe    O site   

Entrevista: Krypteria (Alemanha)



Um dos maiores fenômenos europeus da atualidade é a banda Krypteria...ai vem a pergunta...será que é por que a front seria a única coreana no gênero? ou será que a qualidade da banda é tão superior que faz com que tudo soe melhor? Em entrevista com minha amiga Ji-In, falamos de seu novo disco...tiramos a dúvida de cara sobre sua nacionalidade e levamos a ela inclusive fatos do cotidiano como é o caso dos fortes terremotos que aconteceram no Japão recentemente..Veja a entrevista na integra...


1 – Olá Jin…espero que tudo esteja ok com você...vamos a entrevista e relativo a principal questão...Como é para você ser a única Vocal Feminino Coreana dentre outras famosas que cantam que não são de sua nacionalidade? Você acha que é mais difícil conquistar o publico europeu ou foi mais fácil? Você mora na Alemanha suponho?
Olá amigos do Brasil…Sim, você está totalmente certo, eu moro na Alemanha...jamais pensei sobre este fato, que eu pudesse ser a única vocalista coreana neste gênero em toda a Europa...E eu jamais levei muito a sério esta parte de ser difícil ou não...Creio que eu apenas fui sortuda em conhecer as pessoas certas e que estaria apta a fazer a música que sempre desejei...É isto que realmente importa.

2 – Vejo a banda usando um bocado de Orquestrações, uma vez que vocês não usam um tecladista para fazer as coisas serem mais fáceis... A música WHY é brilhante... É difícil lidar com uma banda de Symphonic que não possuí um tecladista? Posso ouvir bastante teclado em suas composições mas tecladista que é bom nada...Quem foi o compositor das bases de teclado?
No Estúdio Chris e eu tocamos os teclados. Em nossos shows temos um tecladista que é participação somente para concertos. Nós amaríamos tocar com uma orquestra...Nós amamos cordas e sons sinfônicos...mas, como você deve imaginar usar uma orquestra seria bem complexo e bem caro.
3 – Um novo álbum foi lançado e levou praticamente e aproximadamente 2 anos desde o lançamento de My Fatal Kiss…O que você espera de seus fans para com este novo disco? O álbum soa exatamente como você sempre quis ou faltou aquele toque que você gostaria de adicionar, mas não há mais tempo para isto?
Eu espero que nossos fãs possam ouvir pois estamos muito felizes com nosso ‘’bebezinho’’. Pela primeira vez gravamos com nosso próprio Selo, chamado LIBERATIO MUSIC. Nós escolhemos este nome pois queríamos ficar livres das gravadoras e suas imposições. Nós queremos tomar nossas próprias decisões, ainda que possa ter um alto risco. Até agora foi tudo maravilhoso sabe, novo e excitante. Eu realmente espero que nossos fans possam sentir isto ao escutar nosso novo som.
4 – No album “My Fatal Kiss há duas irmãs gêmeas na capa do disco...seria você Ji-In? Me perdoe e espero que isto não soe ofensivo, mas todos nós aqui no Brasil até brincamos com isto de que vocês Asiaticos (Chineses, Coreanos, Japoneses) parecem muito iguais uns aos outros e simplesmente é muito parecida com você...Não usei tal comparação em tom ofensivo mas creio eu que você saiba do que estou falando hehehe talvez os Europeus pensem da mesma forma...
Eu sei que todos nós parecemos iguais…relaxe e não se preocupe hahahaha...Na capa do disco My Fatal Kiss você realmente esta vendo a mim de forma duplicada e em roupas brancas e pretas. Você precisa saber que durante a gravação do disco, nós conversamos muito sobre isto que as pessoas temos um lado bom e um lado ruim. Queríamos ver desta forma e é por isto que vocês podem também ver duas fotos Jin-in’s no palco em nossos shows.
5 – Qual seria seu idolo no estilo que você canta? De quem viria sua inspiração para cantar?
Para ser honesta, eu nunca tive um idolo. Eu sempre quis encontrar a mim mesma e minha forma de ser junto ao gênero. Meus amigos eram fans de Kiss, Deep Purple, Queen enquanto eu cresci influenciada por musica clássica, então num geral posso dizer que seriam essas nossas influências.
6 – Você sabe que tens uma voz doce, sensivel, que ecoa em nossos ouvidos, você em algum momento de sua vida se imaginou ser membro de uma banda de Gothic Metal? Este é o tipo de música que você mais gosta?
Eu amo a música que fazemos, e esta é a forma perfeita de me expressar e dividir minhas emoções e sentimentos com nossos fans. Eu não poderia me imaginar fazendo algo diferente. Mas em geral, eu tentaria deixar minha mente aberta quanto a gêneros musicais. Para mim, a musica é como o mundo – há muitas cores diferentes e eu nunca quero excluir alguma de minha vista. A única coisa importante é que a música toque você.
7 – Para alcançar o status de uma das maiores e mais brilhantes bandas de gothic metal, eu creio que há muito trabalho, não podemos parar de a cada dia melhorar nossas vidas e aqui vai uma pergunta sobre o que aconteceu no Japão e ainda anda acontecendo (Explosões e Terremotos). Uma vez que seu país fica nas proximidades do Japão, poderia nos dizer sobre o que acha disso tudo? Estamos todos preocupados, pois é uma nação muito querida por todos nós e creio que devido as dificuldades não podemos parar, devemos continuar sempre...
O que estaria acontecendo no Japão neste momento é terrível. Sabe, como todos, nós ficamos embasbacados e tensos sobre tudo isso que aconteceu e nos sentimos totalmente sem ação e sem o que fazer, tudo muito triste...Sim, o Japão é basicamente vizinho da Coréia e não posso evitar de me sentir preocupada com meu país, poderia ter acontecido lá, e estamos propensos também a tais problemas. A coisa mais importante disto tudo é que nós todos demonstramos solidariedade...Estamos unidos pelo Japão em uma corrente neste tempo tão difícil para eles.
8 – Aqui na América do Sul, temos muitos fãs, como é para você uma pessoa da Coréia ter fãs brasileiros? Normalmente vemos o contrário, Coreanos sendo fans de bandas brasileiras como Sepultura, Angra, Shaman, André Mattos...e claro, os jogadores de futebol haha...
Hahahaha…O que posso dizer…é simplesmente maravilhoso, divino…lindo até demais….Sempre tive o sonho de visitor o Brasil, suas belissimas vistas, pontos turisticos dentre outros..Queria ver por mim mesma se tudo isso é verdade como vemos na tv e em cartão postal.
9 – Ate aqui foi tudo muito bom, mas infelizmente temos que terminar nossa entrevista, queria demonstrar minha gratidão a você e pedir que deixasse uma mensagem aos fãs Brasileiros e da América do Sul...Muito Obrigado.
Leandro, muito obrigado a você por esta entrevista...Não posso esperar para ver seu país e conhece-lo. Agradeço por tê-lo como nosso fã. Você é realmente fantástico. Realmente espero ter a oportunidade de conhecer vocês todos quando formos por ai. Espero que possamos nos ver logo e desejo tudo de bom a você!

2 Comentarios "Entrevista: Krypteria (Alemanha)"

  1. Olá! Gostei muito da entrevista. Será que haveria a oportunidade de fazer uma outra entrevista, focando-se mais no novo álbum, envolvendo questões como a participação especial da Doro, as letras, conceitos do album, a produção em estúdio próprio e tudo mais, músicas favoritas da banda, etc... Parabéns pela entrevista! Abraços

    ResponderExcluir
  2. Krypteria melhor banda dos ultimos anos nao tenhomuito o que dizer nao esse e uma banda que pelavras nao a descrevem

    ResponderExcluir

O texto representa a opinião do autor e não a opinião do elegiaecanto.com ou de seus editores

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

LANÇAMENTO

Próximos Eventos

PARCEIROS

     

Seguidores

EC NO FACEBOOK